quarta-feira, 6 de julho de 2011

4 Evangelismo – Um grande desafio à Igreja do século XXI


Evangelismo – Um grande desafio à Igreja do século XXI

Então, disse aos seus discípulos: A seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande ceifeiros para a sua seara. (Mateus 9.37-38)

Não sei se aqueles que irão ler este simples artigo irão concordar ou não comigo, mas essa é a minha modesta opinião. "Evangelismo é um dos maiores desafios para a igreja hodierna". Não obstante terem se passado séculos de cristianismo, a igreja ter amadurecido bastante, crescido em número de membros e em graça e conhecimento teológico. A “evangelização” ainda constitui-se num desafio a ser encarado com serenidade e postura.

A igreja em solo brasileiro cresceu consideravelmente nestes últimos anos de existência. Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), somos hoje no Brasil por volta de 20% da população brasileira (segundo o censo de 2010) e estamos crescendo a cada dia. Mesmo assim persiste o meu raciocínio “o desafio do evangelismo é grande”.

Estou falando do desafio de evangelizar, transformando cada evangelizado em “discípulo de Cristo” e não apenas num freqüentador de Igreja e carregador de Bíblia (esse é assunto de outro tópico). Mas não podemos nos estribar nestes números e simplesmente estacionar, imaginando que o trabalho já está completado. É grande o número de pessoas que ainda não conhecem a salvação em Cristo Jesus e estão andando a passos largos para o abismo.

Se já ganhamos 20% onde estão os 80%? Não é nossa obrigação evangelizar estes demais? Ou será que podemos olhar para os milhares de jovens em nossos dias que estão envolvidos nas drogas, sexo livre, homossexualismo, crimes, etc. e pensar que está tudo bem? Como podemos saber que existem milhares de espíritas, muçulmanos, católicos, ateus, etc. em nosso país e simplesmente cruzar os braços? Será que ouvimos o clamor das almas que são arrastadas todos os dias para o inferno e não nos comovemos? Onde está a nossa sensibilidade para com as almas por quem Cristo morreu?

“O soluço de um bilhão (isso no tempo em que foi escrito) de almas na terra me soa aos ouvidos e comove o coração; esforço-me, pelo auxílio de Deus, para avaliar ao menos em parte, as densas trevas, a extrema miséria e o indescritível desespero desses mil milhões de almas sem Cristo. Medita irmão, sobre o amor do Mestre, amor profundo como o mar; contempla o horripilante espetáculo do desespero dos povos perdidos, até não poderes censurar, até não poderes descansar, até não poderes dormir”. (Carlos Inwood – citado do livro Heróis da Fé – CPAD).

O que faremos diante dessa situação caótica em que se encontra o mundo em que vivemos: prostituição, adultérios, pedofilia, etc. ficaremos a lamentar e reclamar ou tomaremos uma posição e levaremos o “pão da vida”, a “água da vida’ que é Jesus aos milhares que gritam sem salvação?

Estima-se que morram 3 pessoas no mundo a cada segundo, 180 por minuto, 1.800 por hora, 259,200 por dia 7.776,00 por mês e 93.312,00 por ano e desses números provavelmente 97% vão ao inferno. SERÁ QUE ISSO NÃO TE INCOMODA?

A oração do meu coração é que cada igreja, cada crente em particular torne-se num evangelista e ganhador de almas. Ore, pregue e viva de maneira que a sua vida atraia os pecadores a Cristo. Pois o mundo está perdido e compete à igreja falar que Jesus é a esperança, a salvação e justificação desse mundo.

Você está disposto a evangelizar? Ou vai continuar dando desculpas? Organizemos em nossas Igrejas cruzadas de evangelismo, passeatas de evangelismo, cultos evangelísticos, orações pelo evangelismo e assim Deus nos dará um grande despertamento em nosso País, onde milhões de almas serão alcançadas. 

Que possamos mentalizar as palavras do hino sacro da H.C. de número 16 que diz:


Posso tendo as mãos vazias,
Com Jesus eu me encontrar? 
Nada fiz, e vão-se os dias, Que Lhe posso apresentar?


              CORO


Posse tendo as mãos vazias,
Com Jesus, eu me encontrar? 
Quantas almas poderia Ao Senhor apresentar?


Não mais temerei a morte;
Vencerei por salvo estar; 
Qual será a minha sorte, Se no céu vazio entrar?


No celeste lar entrando,
Como irei ao Salvador?
Quantas almas irei levando,
Para meu fiel Senhor?


Do pecado, preso em elos,
Passei anos em vão labor; 
Quem me dera reavê-los;
P'ra servir ao meu Senhor.


Despertemos, Já é dia;
Trabalhemos, com fervor;
E levemos, com alegria,
Muitas almas ao Senhor.       
  
    Do vosso conservo em Cristo,

                                                       João Augusto de Oliveira.



4 comentários:

  1. A Paz! Sou seguidor do seu blog a muito tempo e você também seguia o meu blog, só que com o bug no blogger eu o perdi, tive que começar outro blog e queria convidar a você para ser seguidor do meu novo blog Sala de Cinema Gospel

    É uma maneira cristã de ver o cinema.

    Um abraço Rodrigo Almeida.

    ResponderExcluir
  2. concordo plenamente em que missões é o desafio maior das igrejas atualmente, visto que muitas buscam apenas membros e não almas pra Jesus.missões arde em meu coração,falar é tão facil dificil é ir e falar de Jesus.eu falo de Jesus ,de quem Ele é, e a regeição das pessoas me deixa profundamente triste.eu não vivo sem e Ele e é dificil ver a insensibilidade das pessoas no sentido de não reconhecerem que estão no pecado.

    amei o blog

    michelle milene

    ResponderExcluir
  3. Michele Milene!
    Muito obrigado pelas suas palavras de amor pelas almas e consideração pelo nosso Blog.
    Fique a vontade para seguir, comentar e divulgar!
    Feliz 2012!
    J.A.O.

    ResponderExcluir
  4. Paz do Senhor! Foi pela primeira vez que entrei em contacto com seu blog e gostei. Rica matéria. Que Deus lhe abençoe.

    ResponderExcluir

 

A voz da Palavra Profética Copyright © 2011 - |- Template created by Jogos de Pinguins